Na quarta-feira, dia 6 de março, foi realizada a missa de cinzas na capela do Hospital Santa Marta, celebrada pelo padre Rafael Souza dos Santos, pároco da paróquia São domingo Sávio no Riacho fundo I. A celebração inicia a quaresma, período de preparação para a celebração da páscoa. 

O padre Rafael falou sobre o tempo de conversão durante a quaresma, um momento para dar novo sentido à vida. “Mesmo diante das dificuldades e enfermidades, temos um Deus que nos ama e manifesta esse amor através do seu cuidado manifestado pelas pessoas”, relata.

Ele explica que a missa é um gesto de ação de graças: “A celebração anima para o período da quaresma, tanto para conversão como para o dia a dia daqueles que se encontram enfermos no Hospital. Nada melhor do que recorrer àquele que é Senhor da vida”.

Além da mensagem de motivação, o padre também relatou sua recuperação no Hospital, onde ficou internado nos últimos dez dias após ter duas artérias obstruídas e um infarto. Depois da celebração, o padre teve alta médica. “A missa foi um último gesto de agradecimento a Deus e ao Hospital Santa Marta”, destaca.

A Capela do Hospital Santa Marta é a primeira do Distrito Federal a ter um sacrário para adoração 24 horas, onde são celebradas missas toda sexta-feira. A capela representa o compromisso que o HSM tem com a espiritualidade, funciona 24 horas e fica localizada no jardim do Hospital, em Taguatinga Sul.


Por: Giselli Ribeiro
Marketing Hospital Santa Marta